• Gileade Oliveira

Bebê é estuprada e morta em Igarapé-Miri

A bebê de apenas um ano e três meses, identificada como Ágata Raissa Pantoja de Castro. Corpo por passou por perícias e constatou o estupro seguido de morte.

A população de Igarapé-Miri, está revoltada com a situação.

Segundo informações dos Profissionais de saúde, foi visto indícios fortes de deploração vaginal e anal no corpo da bebê.



Ágata foi achada boiando às margens do Rio Anapu, na zona rural do município.

A família não quis comentar ainda sobre o fato da criança ter sido estuprada.

A Polícia Civil do município estará investigando o caso. E foi até a localidade para tentar elucidar o crime.



Everton Amorim.


202 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo