• Gileade Oliveira

Corpo de menina assassinada em Viseu é velado no nordeste do PA

Cerimônia começou após a liberação do Instituto Médico Legal (IML) após necrópsia. Ravyla Sousa tinha 10 anos e foi encontrada morta em uma área de mata após estar desaparecida por quatro dias

O corpo da menina Ravyla Sousa, de 10 anos, foi velado na tarde deste sábado (26) no município de Viseu, no nordeste do Pará. A cerimônia começou depois da liberação do Instituto Médico Legal (IML) após necrópsia. Ravyla foi encontrada morta na última sexta (25) após estar desaparecida por quatro dias. A menina havia saído na segunda (21) para fazer compras para a família em uma feira próxima de onde morava e não voltou. Segundo a Polícia, o suspeito é um vendedor de sabonetes, que estava hospedado em um hotel no município. Durante as diligências, imagens de circuito interno de câmeras foram analisadas e identificaram o homem levando a criança em um carro prata. Ainda na sexta, um homem foi identificado como suspeito de envolvimento no desaparecimento da menina Ravyla. De acordo com a Polícia Civil, testemunhas apontam que homem foi o último visto com a criança, antes do desaparecimento.



150 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo