Tiroteio e pânico na UPA de Marituba

bandidos trocam tiro com a PM, invadem UPA de Marituba e fazem reféns.


Na noite desta segunda-feira, 26, criminosos invadiram a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Marituba, região metropolitana de Belém, durante fuga da polícia, após um assalto no município de Benevides, também na RMB. Durante a fuga, houve troca de tiros e os criminosos fizeram uma médica e um paciente reféns.


A negociação para soltura dos reféns e rendição dos assaltantes e policiais da Ronda Ostensiva Tática Metropolitana (ROTAM) durou pouco mais de uma hora. De acordo com testemunhas, dos cinco homens que invadiram o local, quatro se entregaram e um, que foi baleado na perna durante a troca de tiros, ainda permaneceu no interior da unidade com os reféns.


O assaltante só liberou os reféns e se entregou, após a chegada da imprensa e da mãe dele no local.

Em nota, a Prefeitura de Marituba informa que acompanhou de perto a invasão à Unidade de Pronto Atendimento Eládio Soares. Equipes especializadas da Polícia Militar foram acionadas de imediato para a negociação com os assaltantes. A Guarda Municipal de Marituba também esteve no local para dar apoio.


Ainda de acordo com a prefeitura, equipes da Secretaria Municipal de Saúde retiraram boa parte dos servidores que estavam de serviço, bem como remanejaram pacientes para uma ala separada no mesmo prédio.


Fonte: Roma News



486 visualizações0 comentário